São José Basketbal tem ano de altos e baixos, mas integra elite do basquete

O São José Basketball terminou sua participação no primeiro turno do NBB (Novo Basquete Brasil) 2019/2020 no último dia 28, com derrota para o Mogi, fora de casa, por 85 a 76. O resultado manteve o time em 14º lugar, fora do grupo dos 12 que irão disputar os playoffs após o término do segundo turno, em abril.

O balanço da temporada do São José mostra uma equipe irregular, com altos e baixos dentro de uma mesma partida. Essas oscilações são fatais quando se trata do NBB, competição que reúne as 16 principais equipes do país.

O São José Basket disputou 30 partidas oficiais em 2019, pelos campeonatos Paulista e do NBB, obtendo 11 vitórias e sofrendo 19 derrotas. O fato positivo é que a equipe integra a elite da modalidade, tanto no cenário estadual quanto no nacional. E tem tudo para evoluir neste ano de 2020.

Fim de turno

O jogo contra o Mogi marcou a estreia do ala dominicano Morillo, que veio do México para reforçar a Águia. Ele marcou 10 pontos, abaixo de sua média de 17 pontos por jogo na Liga Mexicana, mostrando que pode evoluir.

A partida na cidade de Mogi das Cruzes foi emblemática da fase que a equipe vem atravessando. Depois de um ótimo primeiro tempo, voltou do vestiário mudada e acabou perdendo o jogo, o sexto consecutivo.

Com um início ruim no primeiro quarto, o São José conseguiu reagir e venceu o período por 21 a 20. No segundo quarto, domínio de jogo lá e cá e um empate em 22 pontos. Com isso, a Águia, visitante, terminou o primeiro tempo com vantagem de 43 a 42 sobre um adversário qualificado, que vinha de 10 vitórias em 14 partidas.

Aí veio o fatídico terceiro quarto, que tem sido decisivo para as derrotas do time dirigido pelo técnico Paulo Jaú. O Mogi venceu com sobras, por 28 a 14, encaminhando a vitória na partida a partir de uma vitória parcial por 70 a 57. No último quarto, mais uma vitória mogiana, por 21 a 15, fechando o confronto em 85 a 76.

Paulista

O São José Basket iniciou a temporada de 2019 com uma equipe inteiramente renovada. Mesmo assim, a participação da equipe no Campeonato Paulista foi positiva. Foram oito vitórias e sete derrotas em 15 partidas. Na primeira fase, após cinco vitórias e cinco derrotas, o time se classificou para o playoff das oitavas de final e venceu Osasco duas vezes.

O São José poderia ter ido mais longe caso não tivesse que enfrentar Franca na melhor de três das quartas de final. O adversário foi campeão sul-americano de 2018 e dono da melhor campanha na primeira fase do Paulista.

Foi um confronto emocionante. A Águia aproveitou o fator casa e venceu a primeira por 92 a 86, saindo na frente na disputa. Na segunda partida, em Franca, vitória dos donos de casa por 93 a 66 e empate na série mata-mata.

O terceiro e decisivo jogo foi disputado no dia 23 de setembro, também no Ginásio Pedrocão, com vitória de Franca por 81 a 67. Ao final da competição, Franca confirmou o favoritismo e foi campeã, enquanto o São José terminou em oitavo lugar.

NBB

Iniciado em outubro, o NBB 2019/2020 coloca frente a frente as 16 principais equipes de basquete do país. O São José ainda não conseguiu engrenar uma boa fase, sofrendo oscilações durante as partidas, mas mostrando que falta pouco para se equiparar à maioria dos times da competição.

No início da competição, a Águia trouxe três atletas, Léo Eltink, Ambrosano e Abner. Quase ao final do primeiro turno, dispensou os atletas Buemo, Guga e Abner, abrindo espaço para tentar encontrar soluções para melhorar a equipe.

Em seguida, anunciou a chegada do dominicano Morillo, de 27 anos e 1m96. Também foi incorporado ao time o armador Jean, 18 anos, 1m80. Ex-Franca, Jean irá atuar na equipe adulta e na sub-19. Os dois estrearam no último jogo do São José.

A campanha da equipe no primeiro turno deixou a desejar. Em 15 jogos, três vitórias e 12 derrotas, com apenas 20% de aproveitamento e o 14º lugar, à frente apenas de Basquete Cearense e Pato Basquete (Pato Branco / PR). Com 18 pontos ganhos, marcou 1.231 pontos e sofreu 1.347, terminando o turno com saldo negativo de 116 pontos.

O líder Flamengo teve aproveitamento de 86,7% dos pontos disputados, enquanto Bauru, 12º colocado e último dos classificados para os playoffs no momento, ganhou 33,3% dos pontos.

O São José irá estrear no segundo turno no próximo dia 14, diante do Corinthians, na Capital. No dia 17, reencontra a torcida no Ginásio Linneu de Moura contra o Bauru.

O São José Basket é apoiado pela Prefeitura de São José dos Campos por meio da LIF (Lei de Incentivo Fiscal).

Resultados

Campeonato Paulista 2019 – 8º lugar

3/8 – São José 91 x 79 Corinthians

7/8 – Paulistano 88 x 75 São José

9/8 – São José 69 x 83 Bauru

12/8 – Rio Claro 75 x 90 São José

16/8 – Unifae São João 56 x 83 São José

22/8 – Corinthians 74 x 68 São José

25/8 – São José 80 x 83 Rio Claro

28/8 – São José 66 x 62 Paulistano

3/9 – Bauru 76 x 75 São José

6/9 – São José 76 x 64 Unifae São João

Oitavas de final

12/9 – Osasco 89 x 92 São José

14/9 – São José 87 x 69 Osasco

Quartas de final

19/9 – São José 92 x 86 Franca

22/9 – Franca 93 x 66 São José

23/9 – Franca 81 x 67 São José

 

NBB 2019/2020 / 14º lugar no 1º turno

15/10 – Paulistano 93 x 75 São José

18/10 – São Paulo 73 x 67 São José

26/10 – São José 70 x 85 Corinthians

30/10 – São José 84 x 89 Pinheiros

7/11 – Bauru 96 x 98 São José

9/11 – Franca 95 x 90 São José

14/11 – Basquete Cearense 77 x 81 São José

16/11 – Unifacisa 89 x 77 São José

20/11 – São José 81 x 71 Pato Basquete

23/11 – São José 87 x 95 Rio Claro

30/11 – São José 92 x 94 Lobos Brasília

6/12 – São José 93 x 109 Minas

16/12 – Flamengo 103 x 83 São José

18/12 – Botafogo 93 x 75 São José

28/12 – Mogi 85 x 78 São José

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *