Taubaté – 3º Festival Nacional de MPB “Celly Campello” começa na sexta

O 3º Festival Nacional de MPB de Taubaté “Celly Campello” acontece de 12 a 14 de julho na Concha Acústica da Praça Monsenhor Silva Barros em Taubaté.
Na sexta-feira e no sábado, 20 intérpretes apresentaram ao público suas canções. No domingo, dia 14, acontece a grande final. Durante todo o final de semana as atrações terão início às 20h.
De Taubaté e região as músicas apresentadas serão, nesta ordem: Nobre Choro, Morada, Festa Junina, Não vá perder, Café com bolinhos, Quando a aurora chegar, Deu Branco, Noite perfumada, Voa e No mote da boa vontade. As composições selecionadas vindas de outras cidades e estados são: Sete Cores, Batida Geral, Coração mineiro (coração ligeiro), Par ou Ímpar, Antônimos, A função, A imagem da fé, Gavião, E eu pensando em você e Dou-lhe uma canção.
Além das canções participantes do Festival, o público irá aproveitar apresentações do Balé da Cidade e show da Banda Vibe na sexta; Changing Route Blues Trio no sábado e a dupla Renata e Gustavo no domingo.
As 20 músicas foram pré-selecionadas por uma comissão de triagem, composta por músicos e compositores. Neste ano, a Secretaria de Turismo e Cultura de Taubaté recebeu 132 inscrições. Como cachê de participação e ajuda de custos, o festival irá agraciar os 10 selecionados de Taubaté e região (raio de até 100 km de distância) com um cachê de R$ 1.500,00 e os 10 escolhidos das demais regiões do país com R$ 2.000,00.
O objetivo incentivar o aprimoramento e desenvolvimento da criação musical, valorizar o gênero da MPB, estimular e abrir espaço para novos talentos, contemplar os amantes da música, promover o intercâmbio artístico cultural entre diferentes regiões do Brasil, além de oferecer ao público de Taubaté e região um evento de alto nível e qualidade musical.
As datas de ensaio, de apresentação e outras informações estão disponíveis no site www.taubate.sp.gov.br. Mais informações também pessoalmente na Secretaria de Turismo e Cultura de Taubaté, que fica à praça Coronel Vitoriano, nº 1/ Centro.