Torcedores do Vasco ressarcem dono de restaurante saqueado na Dutra em Jacareí

Arrastão a estabelecimento foi no último dia 25, quando cerca de 100 torcedores do time invadiram o estabelecimento e saíram levando alimentos e bebidas sem pagar. Prejuízo foi de R$ 3 mil. Polícia continua investigando.

Torcedores do Vasco de todo o país ressarciram nessa segunda-feira (4) um restaurante saqueado por um grupo em Jacareí (SP). O crime foi no último dia 25, quando cerca de 100 torcedores do time invadiram o estabelecimento e saíram levando alimentos e bebidas sem pagar.

De acordo com Lucas Zanin, líder de um movimento de torcedores, pessoas de todo o país se uniram para fazer uma vaquinha e arrecadar os R$ 3 mil – que foi o prejuízo do dono do estabelecimento.

“Nós resolvemos pagar por não concordar com o ocorrido, foi uma atitude errada de uma minoria da torcida vascaína. Não foi uma atitude correta e não era certo deixar o dono do estabelecimento no prejuízo, foi mais de uma torcida que ajudou”, contou.

O dono do estabelecimento, que não quer se identificar por segurança, disse que o pagamento ameniza os danos materiais, mas que o trauma ainda ficou. “Pelo menos meu prejuízo foi suprido, mas o dano psicológico ficou. Nunca tinha passado por uma situação dessa, os funcionários ficaram apavorados”, afirmou.

De acordo com a Polícia Civil, o caso continua em investigação e mesmo com o ressarcimento, já que o boletim de ocorrência não pode ser retirado.

Imagens

As imagens das câmeras de segurança do restaurante mostram o momento em que o grupo chega ao restaurante e o dono percebe a ação. Ele tenta controlar a entrada, mas é intimidado pelo grupo, que força a porta e continua a invasão.

Na ação, os torcedores pegam bebidas na geladeira, doces e salgados nas prateleiras, além de pratos feitos que seriam entregues a clientes que estavam no local.

O grupo ainda ameaça um cliente que estava no caixa e usava uma camiseta do Flamengo. Eles chegam a fazer com que o cliente tire a camisa, mas logo depois um deles a devolve. Após o saque, os torcedores deixam o local e vão embora.

Os donos do restaurante chegaram a acionar a Polícia Militar, mas quando os policiais chegaram o grupo já havia deixado o local.